fbpx
skip to Main Content
PRODUTOS COM REGISTRO NA ANVISA
Por Que O Gel “esquenta” Na Polimerização?

Por que o gel “esquenta” na polimerização?

Descubra aqui porque esquenta e há picos de calor na unha, durante o alongamento

Reações endotérmicas e exotérmicas

Antes de entender porque a unha esquenta ou “queima”, deve-se entender o que são as reações exotérmicas e endotérmicas. As reações exotérmicas são aquelas cujo a energia é transferia do meio interno para o externo, ou seja, há liberação de calor e aquecimento do ambiente. Já na reação endotérmica é completamente o oposto, nesse processo há a absorção de calor.

esquenta

Exemplos simples dessas reações, que você pode fazer na sua própria casa:

  • Reação endotérmica: Derretimento do gelo, houve absorção do calor, portanto, esquenta a água.
  • Reação exotérmica: Respiração, ao colocar a mão no nariz e respirar, você nota que há saída do calor através da expiração

Por que o gel aquece a unha?

Esse aquecimento, ou também chamado de “pico de calor”, é resultado da reação exotérmica, explicado anteriormente. Todos os géis e acrílicos precisam liberar calor para passarem do estado líquido (ou semi-líquido) para o sólido, que é a cura ou polimerização.

Os picos de calor são potencializados quando os técnicos de unhas colocam uma camada de gel mais grossa, usam lâmpadas incorretas para curar seus géis UV e a sensibilidade da cliente. Uma pequena quantidade de aquecimento é normal, entretanto se for gerado tanto calor que “queime” as unhas dos clientes, algo estará errado.

Como foi dito, não é natural o calor excessivo que as clientes sentem. O principal fator é, certamente, a espessura do gel. Se esse não for aplicado de forma correta, em uma camada fina, esquenta mais, por, justamente ter mais gel depositado na unha. Dessa forma, se fizer diversas camadas finas, não haverá esse aquecimento.

Outro fator é a sensibilidade da cliente. Nem todo mundo tem a mesma sensação de calor. E, além disso, a espessura da unha é um elemento essencial nesse processo, visto que, quanto mais fino for a placa ungueal mais propenso é o alcance do calor nos nervos da unha.

Na química do gel, existem fotoiniciadores, responsáveis pelo início da cura do gel, que são desenvolvidos para uma voltagem específica das lâmpadas. Logo, se um gel é feito para uma lâmpada de 12W e é usado em uma cabine com uma lâmpada de 48W, isso é uma cura 4 vezes mais rápido, mas também é 4 vezes mais luz UV e calor liberado. Resultando, assim, em um super aquecimento na unha da cliente.

Como diminuir a sensação de calor das unhas?

  • Fazer uma análise da unha da cliente, a fim de confirmar se a mesma está saudável e pronta para receber o processo;
  • Fazer um lixamento correto, a fim de não desgastar a unha natural;
  • Utilizar cabines com potências mais baixas ou específica para o gel utilizado. Os nossos géis Cuccio, possuem em sua composição, de altíssima qualidade, fotoiniciadores para curarem na lâmpada LED/UV de 24W (lembrando que a espessura do gel que determina a intensidade do aquecimento);
  • Aplicar camadas mais finas;
  • Após aplicar o gel, peça para cliente introduzir e tirar a mão na cabine de 3 em 3 segundos, até o tempo do pico de calor;
  • Evitar mistura de marcas, por haver incompatibilidade de ingredientes entre eles;

E ai? Gostou do conteúdo? Compartilhe com outras Nails Designers esse conhecimento!

Até o próximo post 😉

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top